Blog

Home » galvanoplastia » Milésimos e micrômetros
02 de junho, 2022
Milésimos e micrômetros

No mundo da joalheria é normal ouvi falar sobre milésimos e micrômetros como sendo sinônimos, porém essa relação está longe de ser correta.

Mesmo sendo utilizados como sinônimos de forma errada, é de se pensar que pelo menos em algum aspecto eles se relacionam. Mas a resposta para essa dúvida é: não, os dois termos não se relacionam, já que uma descreve a quantidade de metal depositada numa peça e a outra descreve a espessura da camada depositada.

Figura 1. Exemplo da diferença entre milésimos e micrômetro. Retirado de Santos, W. 2019.

O milésimo de uma peça se mede pesando as peças antes e depois do processo de depósito do metal (banho), sendo 1% equivalente a 10 milésimos. Ou seja, uma peça que antes pesava 100 g e, após o banho, pesa 101 g, foram aplicados 10 milésimos na peça.

Já o micrômetro se refere a espessura da camada depositada, sendo 1 que 1 micrômetro equivale a 0,000001 metro, ou 10-6 m. Para efeitos de comparação, a distância do milímetro para o metro é a mesma distância do micrômetro para o milímetro. Então dentro de 1 metro cabem 1000 milímetros e, dentro de 1 milímetro, cabem 1000 micrômetros. Assim, dentro de 1 metro cabem 1 milhão de micrômetros.

 

Siga-nos no Instagram (@8_metais) e curta nossa página no Facebook (8metais) para mais conteúdos como esse!

Comentários